Buscar voos de de Bogotá a para Havana

Mostrar filtros

Havana

  • Informações gerais

    Idioma oficial: Espanhol
    Fuso horário: UTC-4 (verão), UTC-5 (inverno)
    Moeda: Peso (CUC)

  • Moeda

    Não leve seu dinheiro em dólar. Existem medidas para o dólar americano não circular dentro do país, então ele será desvalorizado nas casas de câmbio cubanas. Dê preferência ao dólar canadense ou ao euro. Lá você utilizará uma moeda específica para turistas, os pesos conversíveis, mais conhecidos por CUC. A população recebe em pesos cubanos, que, para o turista, só servem de souvenir mesmo.

  • Gran Teatro de La Habana Alicia Alonso

    Um imponente teatro localizado no Paseo del Prado. Fundado em 1915, é lar, anualmente, dos principais festivais de ballet cubano (Ballet Nacional de Cuba e Festival de Ballet de La Habana). Ficou marcado por ser o local em que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, discursou em 2015. É um ponto turístico importante. 

  • Charutos

    Mesmo que você não fume, compre um. Não saia de Cuba sem um charuto cubano. Em Havana, visite a Fábrica de Tabacos Patargás, uma das mais tradicionais quando o assunto são charutos. Além disso, edifício é lindo tanto por dentro quanto por fora.

Havana

Uma viagem no tempo. A ilha socialista pode estar se abrindo e flexibilizando com o passar do tempo, mas, mesmo assim, ainda é pouco influenciada pelo capitalismo. Isso torna Havana um dos destinos mais interessantes (e curiosos) para se visitar. O turismo está entre os serviços que funcionam bem na ilha, transformando Havana em um dos principais pontos de interesse. A capital recebe mais de 1 milhão de turistas anualmente.

O charme do lugar já é razão suficiente para se visitar a maior cidade de Cuba. Os prédios antigos desafiando o tempo (e a engenharia), os carros da década de 50, a simpatia do povo e o interesse deles na vida do viajante – tudo isso faz de Havana um ótimo destino.

Conheça a Plaza de la Revolución e tire a clássica foto com Che ao fundo. Falando em revolução, visite o Museu da Revolução, que retrata a história na visão dos nativos. Caminhe pelo Paseo del Prado e chegue no Capitólio para admirar sua grandeza (ele é parecido, mas maior, com o de Washington). Passeie na Plaza de la Catedral, que, obviamente, abriga a Catedral de San Cristóbal de la Habana, construída há 3 séculos.

Conhecer Havana é uma ótima forma de se aprender história, um estudo prazeroso. Ir para Cuba é uma forma de perder preconceitos, ver as marcas de uma revolução nos lugares e no povo, mesmo que já tenham se passado quase 60 anos desde então.

Mais

Informações sobre aeroportos

Bogotá Havana

Linhas aéreas populares no trecho Bogotá - Havana

Tabela de voos:

Bogotá Havana

Está procurando por hotéis? Confira os melhores! em Havana

Encontrar hotel em Havana