Menu

10 dicas para a primeira viagem de avião

10 dicas para a primeira viagem de avião

1. O que não levar na bagagem

Substâncias explosivas e inflamáveis são proibidas por todas as companhias aéreas, tanto na bagagem de mão, quanto na bagagem despachada. Estes itens incluem isqueiros e fogos de artifício.

Por razões de segurança, você não pode guardar em sua bagagem de mão objetos que possam ser usados como arma, como tesouras, ferramentas ou saca-rolhas.

Existem regras restritivas também para os líquidos. A capacidade permitida na bagagem de mão são 10 tubos de até 100 ml cada. Todos eles devem estar embalados em uma bolsa transparente. Os remédios, incluindo os líquidos, podem ir na bagagem de mão, mas apenas na quantidade que usará durante o voo.

 

2. Fazer malas é uma verdadeira arte

Cada companhia aérea possui as próprias regras sobre o tamanho e peso das bagagens. É importante não levar malas que ultrapassem os limites, ou você corre o risco de pagar uma taxa pelo excesso de bagagem.

A maioria das companhias aéreas permite que você leve um artigo pessoal para o avião junto com a sua bagagem de mão – uma bolsa ou mochila para o notebook. Arrume sua bagagem de forma que facilite a retirada de algo durante uma verificação de segurança.

A bagagem despachada percorrerá um longo caminho antes de retornar às suas mãos. É por isso que é tão importante garantir que tudo esteja protegido. Vale usar os sacos a vácuo, que ajudam na organização e proteção.

 

3. Entrando na área de embarque

Sua bagagem não é a única coisa que será verificada no aeroporto, pois você também deverá passar por uma verificação de segurança. Quando for a sua vez, pegue uma cesta localizada perto da esteira, esvazie os bolsos e coloque tudo na cesta. Tire a jaqueta, o suéter, o cachecol, o relógio, o telefone celular e, caso esteja usando tire também o cinto da calça e coloque todos estes itens junto aos outros.

Seus itens passarão por um scanner em uma esteira e você vai passar por uma porta especial. A equipe do aeroporto também pode pedir que você remova seus sapatos se o alarme disparar.

 

4. Cada país tem suas próprias regras

No Brasil, as regras alfandegárias sobre o transporte de álcool, tabaco, alimentos e plantas são as mesmas da maioria dos países. Quando você sai do Brasil, cada país possui as próprias regras. A penalidade por viajar com mercadorias proibidas ou ter muito de um determinado produto também depende de cada país. Em países do Oriente Médio, por exemplo, há uma multa enorme pelo transporte de álcool.

Regras também podem ser aplicadas a dinheiro ou objetos valiosos como peças de arte, objetos históricos e partes de animais sob proteção, como marfim.

 

5. Esteja confortável para voar

Parece algo simples, mas viajar com uma roupa errada pode arruinar uma boa viagem de avião. Quanto mais o voo durar, mais desconfortável você se sentirá.

Certifique-se de que nada aperta ou arranha você durante um longo voo. Mesmo que a viagem seja no verão, leve meias e um casaco a bordo. O ar-condicionado estará sempre ligado no avião e estar protegido é importante.

 

6. Mantenha o celular no modo avião

Embora haja artigos dizendo que os celulares não atrapalham o funcionamento dos aviões, a maioria das companhias aéreas impõe a proibição do uso durante o voo. Porém, colocando o celular no modo avião, é possível usá-lo e assistir séries e filmes previamente baixados.

Algumas companhias oferecem Wi-Fi bordo, cobrado a parte na maioria dos casos.

 

7. Você pode levar comida a bordo

Pode, sim, levar comida no avião. Nada pior do que ficar com fome a viagem inteira. Leve algum lanche que não tenha um forte odor e não faça muita sujeira. Entretanto, existem restrições para bebidas. Assim, o melhor é comprá-las na sala de embarque, depois de passar pela verificação de segurança.

Comidas para crianças possuem outras regras. Os pais ou responsáveis podem levar leite e outros alimentos, que devem ser mostrados à equipe durante a verificação de segurança. Na maioria dos casos, o responsável terá que experimentar a comida da criança para levá-la a bordo. Você poderá aquecer os alimentos no avião.

 

8. Não esqueça o chiclete

Durante o pouso e decolagem, alterações na pressão podem causar desconforto no nariz e ouvidos. Porém, há algumas maneiras para lidar com esse problema.

Tente engolir a saliva ou mascar chiclete, pois ajuda a aliviar os sintomas. Caso o problema seja coriza, use um spray nasal 30 minutos antes e depois da decolagem e aterrissagem.

Se o medo de voar causar problemas no estômago, certifique-se de estar preparado para o voo. Durma o suficiente no dia anterior, faça uma refeição leve e tenha uma distração agradável para focar – pode ser um livro ou alguma playlist relaxante.

 

9. Evite o tédio dos pequenos

Toda criança, até mesmo a maior fã de aviões, fica entediada depois de um tempo sem ter o que fazer. É melhor estar preparado para este momento. A dica é levar alguns brinquedos pequenos e fáceis de serem carregados, como papel e giz de cera, livros com boas histórias e desenhos baixados no celular.

 

10. Crianças podem visitar a cabine dos pilotos

Claro, desde que os pilotos concordem. Antes da decolagem os pilotos estão ocupados, assim, o melhor é conversar com uma aeromoça durante o voo. Se não houver demora e a tripulação não estiver com pressa, há uma boa chance do capitão guiá-lo pela cabine.

Algumas companhias aéreas têm programas de fidelidade especiais para as crianças - elas ganham pontos por quilômetros percorridos, que podem ser trocados por um passeio pela cabine.

Dicas e sugestões neste artigo e artigos relacionados são apenas para fins informativos e auxiliares, e não podem ser base para qualquer reclamação contra a eDestinos.com.br.

Interessante, mas precisa de mais informações?
Muito obrigado pela sua ajuda!

Seu comentário nos ajudará a criar artigos melhores e mais relevantes

Não conseguimos enviar sua sugestão

Enviar de novo Tente mais tarde